Zé Carioca em: Esta não acabou em pizza

O corrupto papagaio Zé Carioca pode ser fofinho e divertido, mas não passa de um crápula.

Suas aventuras costumam narrar os golpes que ele procura dar em seus amigos, na noiva, no sogro e em cobradores.

“Esta não acabou em pizza” não foge à regra. O urubu Nestor arranjou um emprego como entregador de pizza e será constrangido de diversas maneiras pelo mui amigo Zé Carioca, que pretende desfrutar das benesses culinárias de graça.

A história é dos anos 90, fase em que a produção nacional de quadrinhos pela Editora Abril vivia em puro frenesi. Tinham modernizado o visual do papagaio, com um look que faria inveja aos piores momentos de Serginho Mallandro.

É curioso notar que o abismo que já nos separa dessa época. E também chama atenção o fato de um gibi para crianças ter tantas referências que somente senhores com mais de 30 anos de idade conseguem captar.

Separei 7 trechos que dão a real dimensão do quanto estamos velhos.

1. Zé Carioca pede uma ficha emprestada
IMG_0450

2. Para usar em um orelhão
IMG_0451

3. Era possível comprar uma pizza por 20 reais (já considerando a entrega)
IMG_0452

 

4. O capacete ainda era opcional
IMG_0454-1

5. “Tabefe” era um termo popular
IMG_0455

6. Soava jovem falar “pacas”
IMG_0456

7. As pessoas liam gibis do Zé Carioca
IMG_0453

Cotação: duas brasas, mora, de cinco possíveis

SERVIÇO

Esse é apenas um dos diversos golpes em que o papagaio charlatão tenta engrupir seus amigos no Almanaque do Zé Carioca nº 26.

IMG_0448
O simpático gibi é lançado a cada dois meses pela Editora Abril – essa edição é de junho de 2015 e custa a bagatela de R$ 5,90.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s