WOLVERINE: ORIGEM

A biografia do Wolverine é um dos mais caóticos e mal resolvidos casos de crowdsourcing da história do entretenimento mundial.

Como o personagem surgiu fazendo o papel de vilão genérico num gibi do Hulk, seu background veio numa folha em branco. E cada autor posterior foi se sentindo no direito de adicionar algumas novas e lamentáveis questões sobre a dolorosa jornada desse herói.

O básico sempre foi o seguinte: Wolverine era um mutante canadense com fator de cura apurado e sérios problemas de memória. 

O pouco que nós (e ele) sabíamos: o cara havia sido submetido a um processo maluco chamado Arma X, que lhe garantiu estilosas garras de adamantium e veio a conhecer Charles Xavier, participando dos X-Men desde a segunda formação (que depois descobriríamos que era a terceira – mas isso é assunto pra outro dia).
Mas a amnésia de Wolverine, somada à parca quantidade de detalhes que os autores iniciais deram à história do personagem, acabaram dando brecha pra vagabundo desembestar a inventar assunto sobre as lacunas vazias.

A ideia de contar a origem secreta do herói usou como gancho uma novidade criada nos loucos anos 90. Na famigerada saga “Atração Fatal”, o vilão Magneto tira todo o adamantium do corpo do Wolverine. E para surpresa geral da nação, descobrimos que ele sempre teve garras – mas elas eram de osso.

atracapa
Um clássico atemporal
Ou seja, nem aquilo que o leitor achava que sabia sobre o personagem era necessariamente válido. E aparentemente a fórmula deu certo, pois esse é o modus operandi no gibi do Wolverine desde sempre: mês a mês, desmentir tudo o que lemos na história anterior.

atra2
O melhor naquilo que faz (não lembrar direito das coisas)
ORIGEM conta como foi que Logan – que na verdade acabamos descobrindo que se chama James – colocou as garrinhas pra fora pela primeira vez. E desconstrói praticamente tudo o que o personagem tinha de valor.

A história do jovem aristocrata James Howlett é um melodrama barato. Tem a saúde frágil, uns amigos bestas e uma família detestável. Acontece tanta coisa chata com essa turma que dá vontade de fazer a mesma coisa que a mãe do garotinho faz: dar um tiro na própria cabeça.

mama
The mamas & the tapas
A família é arruinada pelo jardineiro que se chama Logan e é curiosamente muito parecido com o Wolverine hoje em dia. E o filho do jardineiro acaba sendo a primeira grande vítima das garras de osso do Jaiminho, ficando com uma cicatriz típica dos vilões de folhetim.

O gibi tenta explicar e amarrar fatos que não acrescentam muita coisa – e que nem tinham muita necessidade de existir. Mostra que ele sempre teve uma queda por ruivas, conta porque ele prefere charutos e por qual motivo não confia em ninguém.

roseee
O fator de cura não ajuda quando é dor de corno
É tudo tão idiota e banal que mesmo os mais fiéis entusiastas devem ter dado uma desanimada com o personagem depois de ler o material. A origem secreta do Wolverine era muito mais promissora enquanto permaneceu secreta.

Cotação: uma ideia que deveria existir apenas na cabeça, de uma ideia que não tem a menor pretensão de acontecer possível 

SERVIÇO

Este novo clássico do péssimo entretenimento está disponível na adorável “A Coleção Oficial de Graphic Novels Marvel” da editora Salvat. É o volume 26 da “coleção preta”, e reúne todas as 6 edições da minissérie original.

capa

Texto do Paul Jenkins, abertamente inspirado e influenciado pelos manda-chuvas da Marvel na época, Joe Quesada e Bill Jemmas. A arte do Andy Kubert com cores do Richard Isanove faz tudo quase valer a pena. Quase.

Falarei em breve sobre a infame continuação dessa série, lançada recentemente pela Panini em solo nacional.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s